Imagine uma torre de livros com 28 metros de altura e cerca de 30 mil livros.

Foi isso que a artista Marta Minujín fez para comemorar o título de Capital do Livro dado à Argentina pela UNESCO.

Da “Torre de Babel”, como é conhecida conta com livros de mais de 50 países, muitos livros foram doados e arrecadados.

Depois que a torre foi desmontada ela deu origem a um arquivo de livros chamado “Biblioteca de Babel”, na  Primeira Biblioteca Multilíngue da Cidade de Buenos Aires, se referindo ao conto do grande escritor argentino Jorge Luis Borges.

torre_livros_argentina (1) torre_livros_argentina (4) torre_livros_argentina (2) torre_livros_argentina (3)

Stephany Quintela desde pequena foi fã de livros e aos poucos passou de “A Fantástica Fábrica de Chocolates” e Harry Potter para Jack Kerouac e Chuck Palahniuk. Sempre gostou de escrever e quando não está criando contos, está falando de livros ou filmes. Muitas coisas podem mudar, mas o que permanece o mesmo é o seu amor por livros. Atualmente escreve no Livros Aquáticos.

livros_aquaticos