Lara e os Ultraleves (Crédito: divulgação)

Fins são processos delicados, intensos e transformadores pelos quais passamos diversas vezes ao longo da vida. Pensando neles, a cantora e compositora Lara Aufranc (Lara e os Ultraleves) dirigiu o clipe de “Não Tem Volta”, novidade que anuncia o fim dos trabalhos com seu primeiro disco, Em Boa Hora (2015). O clipe é uma animação protagonizada por monstros do projeto Monstruosidades Diárias, idealizado pela artista visual Lola Ramos.

“Não Tem Volta” fala sobre o começo de uma nova fase, a alegria em se desprender do passado e a liberdade como uma forma de amar. “Para mim, amar tem a ver com escolha, não pode ser uma dependência”, comenta Lara. A melodia é calcada num funk retrô e ensolarado.

O videoclipe é uma despedida dançante rumo ao próximo disco, que começa a ser gravado no mês de junho. Foi produzido por uma equipe reduzida de apenas 3 pessoas: Lara, Lola (que co-assinam o roteiro) e Fernando Shelka, responsável pela animação das ilustrações monstruosas criadas por Lola. Ainda bem que não tem volta, hoje é tão colorido.