O que não pode faltar na mala de viagem


Rimowa Original Trunk (Crédito: divulgação)

Não importa o destino ou a estação, montar a mala de viagem é sempre uma difícil missão, cada vez torna-se mais importante elaborar uma mala inteligente com peças versáteis, facilitando as combinações na viagem e evitando o excesso de peso. A Cris Galotti, consultora de estilo, Personal Shopper, e a Rimowa, primeira maison alemã do grupo LVMH, separaram algumas dicas para você não ficar na mão durante as férias.

Se você não é adepta(o) do frio e escolheu as praias ensolaradas como seu destino, seja em St. Tropez ou em Itacaré, peças básicas e acessórios vão trazer um visual cool e divertido aliado ao conforto. Não pode faltar na sua mala:

– Nécessaire com hidratantes e protetores solares;
– Diferentes combinações de sungas e biquínis;
– 1 maiô inteiro com cara de body para que você possa usar tanto na praia como para jantar à noite, acompanhado de uma saia longa bacana;
– Camisetas básicas e leves, 3 camisetas para cada parte de baixo. No calor suamos muito e precisamos trocar com mais frequência;
– 1 combo jeans: shorts, calça skinny bem macia e uma camisa jeans;
– 1 ou 2 kaftans incríveis para sair da areia direto para o restaurante com uma sandália Anabela;
– Chinelinhos, 1 tênis e 1 plataforma com sola de palha ou ráfia;
– Brincos grandes e coloridos para você usar e abusar;
– Uma bolsa handmade made in Brasil menor, para as noites de festa ou jantar.

Lembrem-se, na praia, os detalhes é que fazem a grande diferença!

Rimowa Classic Check-in (Crédito: divulgação)

Se você prefere temperaturas baixas e escolheu a neve como seu destino, não se preocupe, preparar uma mala para esquiar pode ser mais simples do que parece. A primeira peça que nunca deve faltar, se você não tiver, compre assim que chegar ao seu destino, é a base composta por um conjunto de underwear com calça e blusa, de preferência de tecido natural para deixar sua pele respirar.

O efeito “cebola” segue por peças que sejam térmicas e que protejam seu corpo das baixas temperaturas.

O que não pode faltar na sua mala:

– Como no frio não suamos muito, não há necessidade de exagerar no número de tops. Blusas térmicas justinhas não criam volume e vão sobrepor a base. Escolha dois tops para cada calça (lembre-se do joguinho 2X1);
– Roupa de ski: Calça resistente a água e jaqueta. Compre uma luva se não tiver, é mais higiênico e acaba saindo o mesmo valor do aluguel. O mesmo sugiro para as roupas. Deixe para alugar as botas de ski e o capacete;
– Uma boa bota para andar na neve. Minha predileta é da marca Moonboot, mas você encontra em marcas como Columbia, Nevica entre outras;
– Meias macias e quentes, muitas delas;
– Um maiô não pode faltar em sua mala, se você planeja ficar em uma estação badalada como Whistler, Aspen ou Courchevel.

Para usar no hotel?

– Calça jeans escura e calça preta de couro fazem o papel de coringas;
– Malhas de gola alta;
– Uma bota bem quentinha;
– Uma joia bacana e um bom relógio esportivo para arrematar a produção casual e chic;
– Um bom casaco de pele fake.

Anterior Bugatti apresenta La Voiture Noire, o carro mais caro do mundo
Próximo Cinco passeios para fazer com a família na Ilha da Madeira