Marianna Perna (Crédito: Renata Terepins)

A poeta Marianna Perna, que apareceu aqui no fim do ano passado, volta em 2018 com o segundo single de A Cerimônia de Todas as Vozes, projeto híbrido que mescla música e poesia num disco-livro inédito, a ser lançado este ano ainda. Em “Um Abismo entre Os Dois Olhos”, Perna se lança ainda mais fundo na temática da ancestralidade feminina, recorrendo para isso não somente ao poema em si – que reflete sobre o poder das vozes que vieram antes -, bem como o espaço físico.

“As fachadas me cobrem
listras & marcas
Para quê ser olhada?
ser tachada
três vezes louca
três vezes louca”

No clipe a poeta trocou a beira do mar pelo campo numa produção de tons místicos, que saúda a natureza e seus poderes em Campinas, no interior paulista, na acolhedora Casa do Sol – atual sede do Instituto Hilda Hilst e local onde a autora de A Obscena Senhora D. viveu por anos.

“É uma singela homenagem à escritora”, explica Perna sobre o motivo de ter escolhido a famosa chácara como cenário central de seu novo single. “Lá pude me conectar de maneira especial com a memória, a história e obra de Hilda, uma das vozes enaltecidas na minha criação pessoal. O vídeo induz os espectadores-ouvintes a embarcar na jornada poético-espacial desta narradora, que parte em busca de si mesma, decidida, ainda que não saiba bem aonde isto a conduzirá”, comenta a poeta.

“Um abismo entre os dois olhos” foi dirigido por Gabriela Dworecki e Nayana Fernandez e teve seu arranjo criado e produzido pelos músicos Felipe Antunes (Vitrola Sintética), no piano, e Carlos Gadelha, na guitarra. Assista abaixo: